GORDURA BRANCA X GORDURA MARROM

Todo mundo se preocupa com a quantidade de gordura que tem. Também não é pra menos, a obesidade tá batendo na porta de muita gente, pelo mundo todo e já foi comprovado por a+b que ela traz uma série de doenças consigo. Hoje trouxemos um texto do Dr. Fabiano Fonseca (@drfabianofonseca) esclarecendo os prós e contra da quantidade de gordura corporal.

“O organismo tem dois tipos de gordura: a branca e a marrom. A primeira acumula energia no corpo devido ao excesso de comida e a falta de exercício físico. Já a marrom, gordura boa, é importante para a termogênese. Auxilia na queima de calorias, gerando calor corporal para nos aquecer, o que estimula o emagrecimento. No ser humano, a gordura marrom tem grande importância nos primeiros meses de vida – por isso que nesse período, este tecido se apresenta em quantidade abundante sendo responsável pela produção de calor, protegendo o recém-nascido do frio excessivo. Depois se reduz as quantidades mínimas no adulto, correspondendo somente de 5-10% do tecido adiposo. É localizado principalmente na nuca, ombros, coluna vertebral, órgãos importantes e vasos sanguíneos. Sua coloração é marrom devido à rica vascularização e presença de grande quantidade de citocromos presentes nas mitocôndrias. Estudos verificaram que quem tem mais desse tipo de gordura tem maior facilidade de emagrecimento ou não engorda com tanta rapidez. Foi constatado que indivíduos obesos têm menos gordura marrom que os magros; homens têm menos gordura marrom que as mulheres; idosos têm menos gordura marrom que os jovens; e pessoas com excesso de açúcar no sangue têm menos gordura marrom. Segundo pesquisadores, a gordura marrom desempenha um papel importante no controle de peso e índices mais altos dela podem proteger contra a obesidade. Um dado interessante é que esta gordura é ativada quando a pessoa sente frio, pois passa a atuar como um combustível capaz de queimar a indesejável gordura branca. Estudos recentes apontam que a atividade física produz nas células musculares uma substância semelhante a um hormônio chamado “Irisina”, que mediante sinais ou mensagens bioquímicas, o hormônio ativa a transformação de gordura branca em gordura “marrom” boa. A gordura branca é a gordura subcutânea e a visceral, que armazena calorias em excesso e que contribui para a obesidade.”

Então galera, depois desse esclarecimento, não vai se acomodar e dizer que a gordura faz bem hein! Tem muita diferença e importância em cada tipo. E aquele sujeitinho marombeiro que tem orgulho de dizer que tem 0% de gordura, com certeza não sabe do que está falando.

 
Prof. Dr. Fabiano Fonseca Souza – médico especialista em Ortopedia / Cirurgia de coluna / Nutrologia / Traumatologia do Esporte / Medicina Esportiva – performance, saúde e bem estar. Medical boutique – Site: http://www.drfabianosouza.com.br


Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s