Hipotireoidismo

Antes de fazer faculdade assistia os canais da Discovery e via muitos casos de pessoas obesas mórbidas e não entendia como que elas chegavam naquele estado.
Após alguns anos de estudo em Fisiologia Humana aprendi que isso e outros problemas podem acontecer se houver um desequilíbrio na tireóide.
Bom agora vou explicar em um texto o que aprendi em um ano inteiro e mostrar que apesar de ser uma doença grave pode ser controlada de maneira simples.

20130911-133443.jpg
A tireóide é uma da maiores glândula endócrinas do corpo e está localizada no pescoço. Ela é estimulada pelo hormônio TSH a produzir os hormônios T3 (triiodotironina) e T4 (tiroxina) que tem a função de regular o metabolismo e a taxa funcional de outros sistemas do organismo. Quando ocorre uma disfunção provocando a queda na produção desses hormônios (T3 e T4) ocorre o que chamamos de hipotireoidismo. Essa doença é mais comum em mulheres porém pode acometer qualquer pessoa independente de gênero ou idade. O importante é que o tratamento adequado seja realizado o quanto antes.
Em rescem-nascidos o hipotireoidismo pode ser diagnosticado com o “teste do pezinho”. Em adultos são realizados exames específicos para identificar a dosagem hormonal no sangue.
Os sintomas são vários: memória prejudicada, problemas de cognição, depressão, perda da auto estima, crises de mau humor, irritabilidade, pele seca, reflexos lentos, excesso de frio, anemia, metabolismo lento, ganho de peso, constipação, fadiga generalizada, dores musculares e articulares, sono excessivo, diminuição do desejo sexual, fala lenta e rouca, infertilidade ou dificuldades para engravidar, colesterol elevado e falta de fôlego.

20130911-133555.jpgO tratamento pode ser realizado com medicamentos ou não. O exercício físico entraria nesse contexto como um tratamento não-farmacologico pois promove adaptações no organismo que combatem os sintomas do hipotireoidismo. É importante combinar exercicios aeróbios e musculação para obter os seguintes beneficios como resultado:
– eleva o gasto calórico evitando o ganho excessivo de peso
– melhora o condicionamento físico diminuindo a sensação de fadiga e cansaço
– promove o bem estar físico e mental combatendo os picos depressivos e as dores
– normaliza os níveis do colesterol sangüíneo
– ganho de massa muscular e força
– diminui a incidência de osteopenia e osteoporose
– melhora a qualidade do sono
O aumento de massa muscular pode acelerar o metabolismo e, por consequência, a queima calórica. O ideal é treinar com um frequencimetro para monitorar os batimentos cardíacos e trabalhar na zona alvo adequada ao objetivo, principalmente nos exercicios aeróbios (vamos explicar em um outro texto o que é zona alvo e como utilizá-la para ter o melhor resultado).
Para sedentários é importante realizar uma avaliação física e cardiológica. Não podemos esquecer de que uma alimentação adequada é extremamente importante.
É importante lembrar que nem todo caso de sobrepeso ou obesidade é necessariamente culpa da tireóide. Procure um medico faça uns exames e se nada for constatado mude seu estilo de vida com alimentação balanceada e atividade física regular. Dessa maneira você conquistará um corpo saudável com muito mais disposição!


2 comentários em “Hipotireoidismo

    Luiz André Mendes dos Santos disse:
    27/01/2015 às 0:07

    É um gde prazer encontra-los online e dabet que vcs tem a acrescentar na minha rotima de treino c/meus alunos.Então,ficarei mto agrato pelo retorno no decorrer não somente especificamente pelo assunto até então abordado,mas sugestões diversas que sempre estam presente em minha jornada.Atenciosamente,prof-personal André Mendes.

    Curtir

      escolhaseucorpo respondido:
      01/02/2015 às 13:51

      Obrigado Andre. No que pudermos ajudar, estaremos a disposição. Estamos sempre postando dicas no Instagran atraves dos perfis @escolhaseucorpo e @sandrocguerreiro.

      Curtir

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s