Obesidade

Quando criança eu era bem gordinho e permaneci assim até minha adolescência, quando resolvi mudar e comecei a fazer exercícios físicos. Optei pela musculação, basquete e, claro, as lutas. Essa mudança me ajudou muito para que eu não passasse de um adolescente gordinho para um adulto obeso.
Porém o que é obesidade? Como sabemos se estamos nesse estagio e o que fazer? O texto a seguir esclarece nossa duvidas além de trazer uma solução saudável para esse problema.
“A obesidade é um distúrbio definido pela OMS (Organização Mundial da Saúde) como um excesso de tecido gorduroso no organismo. Muitos fatores contribuem para a obesidade, como aspectos comportamentais (hábitos alimentares inadequados, sedentarismo, alcoolismo, tabagismo, etc); aspectos psicológicos (estresse, depressão, ansiedade); ciclos da vida (ausência de amamentação, ganho de peso excessivo após gestação, menopausa), hereditariedade e genética, patológicas (disfunções da tireóide), entre outros.

20130905-134105.jpg
O IMC (índice de massa corporal) é um índice utilizado como medida de referencia para determinar o grau de peso baixo, normal, excesso de peso ou
de obesidade. Sendo que a obesidade pode ser classificada como grau I, II, III.
Para evitar a obesidade, é importante adquirir hábitos alimentares corretos através de uma alimentação equilibrada, estilo de vida saudável e prática de atividade física. Uma dieta equilibrada é aquela que, apesar da redução energética, mantém um equilíbrio nutricional suficiente para permitir que o organismo desempenhe suas funções básicas, garantindo ao organismo todos os nutrientes necessários para o funcionamento correto, por meio dos próprios alimentos ou suplementos, quando a quantidade ingerida através dos alimentos for insuficiente ao logo do dia.
A avaliação e indicação de uma dieta deve ser recomendada por um nutricionista, que prescreve o tratamento de maneira individualizada feita levando em consideração as características, preferências, hábitos e costumes de cada pessoa.

20130905-134219.jpgO emagrecimento, para pessoas com obesidade deve acontecer de forma gradual, sem mudanças bruscas e a redução calórica deve ser de 500 a 1000kcal/dia, sempre levando em consideração o TMB (taxa de metabolismo basal), deve ser fracionada (ao menos em 6 refeições/dia), com ingestão de no mínimo 2 litros de água/dia, ingestão adequada de proteínas, carboidratos, lipídios (respeitando os níveis adequados para gorduras poliinsaturadas, monoinsaturadas, ácidos graxos e colesterol), fibras, vitaminas e minerais.

O objetivo desde o início é motivar pequenas mudanças nos hábitos alimentares, possíveis de serem assimiladas com facilidade e, sobretudo, mantidas a longo prazo. A estratégia adequada é a que permite reduzir o peso e simultaneamente modificar os hábitos alimentares, para garantir que os quilos perdidos não sejam recuperados.”

Mônica P. dos Santos Nascimento Nutricionista CRN-3:32200
monica.nutri@yahoo.com.br


Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s